Usado e aprovado pelo Laboratório da Beneficência Portuguesa e Incor - Instituto do Coração de São Paulo e várias cidades



.






A Escolha de um Sistema para Saúde - 24/09/2020


Nos programa/sistemas/softwares para saúde estão inclusos:

Hospital, Laboratório Clínico e o sistema para clínica (que pode envolver uma ou todas estas especialidades: Raio X, Tomografia, Ultrassom, ressonância magnética, exames laboratoriais, Laudos Texto, etc...),


A escolha de um software adequado para um ambiente envolve diversos fatores a serem apresentados a seguir (evidentemente, no texto aqui apresentado, está longe a pretensão de ser abrangente):


Em um laboratório de grande porte, os recursos exigidos de um sistema são imensos, grandes quantidades de informações transitam nas mais variadas formas:


O cadastro do paciente, a hora em que chegou na coleta, a passagem das amostras na triagem e a separação dos exames para os diferentes equipamentos,

Enquanto dados estão sendo recebidos via interface pelos variados setores, o programa está controlando as requisições completas e laudos em PDF para internet sendo emitidos, relatórios sendo gerados,

o dinamismo é imenso e todo este controle deve contar com um sistema bastante eficaz, e isto também quer dizer, sem defeitos, qualquer mínimo problema causa um imenso transtorno, atrasando as rotinas internas essenciais.


Estes ambientes de saúde com grande demanda devem contar com um software de alta produção e automação.


Também exigem facilidade, agilidade na digitação de resultados para os exames que não são funcionais para interface.

Para um laboratório de pequeno porte pode ser mais prático a digitação da maioria dos resultados. Neste caso, o sistema deve oferecer grande otimização na parte manual. Exemplo: Folhas de trabalho flexíveis para distribuir o trabalho de forma produtiva.



O software para hospital é de grande complexidade, geralmente conta com Cadastro e Histórico de pacientes, Prescrição médica, Receituário, Evolução Clínica, Evolução e Diagnóstico de Enfermagem, Descrição Cirúrgica, Agenda Clínica, Agenda Cirúrgica, Faturamento com várias versões TISS, Farmácia, Estoque, SND (Serviço de Nutrição e Dietética), Financeiro, Compras, Indicadores, etc...


E também com os Exames de Clínica de Médica (laboratório, raio x, ultrassom...), e estes, muitas vezes, são realizados por outras empresas usando sistemas diferentes, o que torna difícil a integração, e quando acontece, apresenta uma acessibilidade nem tanto automatizada.


É comum encontramos descrições como: o melhor software disso, o programa ‘mais’ daquilo, porém, pode ser eficiente para determinado ambiente, dificilmente será completo para todas as situações.



Se estes sistemas de gerenciamento médico vão servir para o atendimento de uma clínica, hospital, laboratório, exames, vai depender do inerente método de trabalho adotado em cada ambiente da área de saúde ou hospitalar,

e principalmente, da sua escolha, conhecendo o funcionamento real, testando o desempenho e todas as funcionalidades antes de adquirir, deixar para depois, pode ser tarde...


Clínica de Diagnósticos - Sistema Hospitalar - Gestão Hospitalar - Software para Laboratório - Sistema para Laboratório de Análises Clínicas - Sistema para Clínica - Software para Clínica Médica

Lealdata Informática - www.lealdata.com.br - lealdata@lealdata.com.br